Siga-nos no
Arquipélogo

Os Tuamotu - Ilhas Gambier

Incrível areia branca, praias com coqueirais, mar cristalino e cálido... As 76 ilhas e atóis do arquipélago Tuamoto estão espalhadas por uma área de mais de 20.000 km2, onde o mito de Robinson Crusoe poderia realmente existir!

Fazendo jus à sua reputação, as ilhas Tuamotu são visita obrigatória para os mergulhadores entusiastas. As lagoas do atol são um paraíso protegido, onde a vida subaquática é espetacular. Essa área também é o berço da lendária pérola tahitiana cultivada, cultivada com amor, paciência e respeito, no leito de uma refinada ostra azul. As fazendas de pérolas situam-se nas lagoas pa'umotu sem fazer nenhum peso, onde as pérolas adquirem as suas cores e matizes incomparáveis.

Alguns atóis de Tuamotu são praias de areia branca simplesmente intermináveis, com alguns hectares de plantações de coco. Outros, como Rangiroa, o segundo maior atol do mundo, são muito maiores.

Essas mini-ilhas paradisíacas, pontilhadas idilicamente no azul do oceano, mesmo que sejam remotas, têm fácil acesso por barco e avião, sem ser preciso transitar por Papeete.

Você vai encontrar as pensões familiares e casas de hóspedes em torno da maioria das ilhas, e atóis maiores são sede dos resorts internacionais, que dão as boas-vindas a todos os visitantes do mundo inteiro.

Localizado a 1.600 km ao sul do Tahiti, na sequência dos atóis de Tuamotu, emerge o mais isolado e remoto dos arquipélagos da Polinésia Francesa: as Ilhas Gambier. Ele é um tesouro natural e cultural que, às vezes, os visitantes descobrem por acaso, mas do qual todos eles voltam totalmente seduzidos...

close