Siga-nos no
Cultura

A nossa rica herana

Toute la faune sous-marine en Polynésie française
© Grégoire LE BACON

A cultura polinésia tem raízes profundas nas origens míticas de grandes navegantes ancestrais que se instalaram nas ilhas 3.000 anos atrás.

Ela foi passada de geração em geração através da palavra sagrada. A tradição verbal continuou através dos séculos, às vezes esquecida por todos, para se levantar novamente quando se pensava que havia desaparecido. Nessa tradição secular, os cantores de hoje exaltam as magníficas canções, sagradas ou seculares, cujos ecos se perdem nos constantes murmúrios do mar sobre a costa de recifes de coral. É nessa tradição que os bailarinos encontram a inspiração para as extravagantes coreografias. É nessa tradição que os fãs da va'a (tradicional corrida de canoas tahitianas) descobrem a arte de construir e navegar suas lindas canoas no oceano e nas lagoas! Da tradição vem a arte da percussão do grande e profundo pahu e das maracas to'ere, a arte das lindas e complexas tatuagens, assim como a arte da escultura na madeira das Ilhas Marquesas. Descendentes do grande tiki (o primeiro homem da terra), essas estátuas de pedra ainda estão de pé no meio da lava vulcânica do marae, no fundo dos vales secretos.

Nas generosas ilhas da Polinésia, todo os talentos convergem com esplendor natural, transformando a habilidade em uma forma de arte.

close