Siga-nos no
Cultura

Va'a, uma canoa polinésia

Os ancestrais dos polinésios deixaram o legado notável da Va'a para a Polinésia Francesa.

“É nosso dever preservar nossa cultura e passá-la adiante para nossos filhos, que devem fazer o mesmo. Temos consciência que somos os guardiões de sua sobrevivência.” Edouard Maamaatuaiahutapu, criador da Hawaiki Nui Va’a (corrida internacional de canoas polinésias)

O que é va'a?

Te va’a significa canoa. A va'a é uma canoa polinésia com um casco estreito (da largura do canoísta) conectado a um ama, que oferece lastro e levantamento/carona, por duas longarinas de madeira (ʻiato). Elas são fixadas por um cordão de borracha (uaua), que é flexível e resistente. O canoísta utiliza um remo típico de qualquer canoa. A flutuação única da canoa que oferece estabilidade para a va'a é emblemática das ilhas do Pacífico. Originalmente, as canoas polinésias eram feitas de tronco oco de árvore, o que fez com que se tornassem um símbolo de pertencimento às ilhas locais. Posteriormente, a utilização de materiais compostos foi adotada.

Há diversos tipos de va'a:

- V1 (va’a hoe) é uma canoa para um canoísta com aproximadamente 7 metros de comprimento;

- V3 (va’a toru) é uma canoa para três canoístas com aproximadamente 11 metros de comprimento;

- V6 (va’a ono) é uma canoa para seis canoístas com aproximadamente 13 metros de comprimento;

- V12 (va'a tauati ou canoa polinésia dupla) é formada por duas canoas V6 reunidas.

Todas essas va'a têm um formato de casco “lagoa” ou “alto mar”.

Da conquista do Pacífico para um símbolo cultural

As primeiras canoas polinésias foram projetadas para explorar novos horizontes e viajar para ilhas vizinhas. Com a chegada dos europeus no século XIX, as grandes canoas polinésias desapareceram. Atualmente, os polinésios utilizam apenas pequenas va'a para pesca. No Dia da Bastilha no Tahiti, é possível ver va'a em desfiles de barcos e em corridas oficiais organizadas pelo governo francês. As corridas de canoas polinésias começaram apenas na década de 1950. Por volta de 1976, as corridas de canoas recuperaram sua popularidade graças a uma experiência havaiana de recriação das migrações populacionais do Pacífico utilizando uma canoa dupla, a Hokule'a. O resultado foi um sucesso: a canoa velejou 5.370 km em 32 dias sem instrumentos de navegação. A retomada da va'a pelos polinésios pode ser vista como um tributo às aventuras marinhas de seus ancestrais e determinação para reclamar sua identidade. A grande corrida de canoas Hawaiki Nui (grande terra de nossos ancestrais) começou em 1992 e remonta a antigas raízes. Não é surpresa que a canoa polinésia tenha sido adotada como símbolo da Polinésia Francesa e está representada em sua bandeira.  

 

Um esporte de equipe

Na canoa V6, as posições são numeradas de 1 a 6, começando pela dianteira do barco. Os canoístas sentam em um padrão de quincôncio com o remador que marca as remadas (fa'ahoro), na posição nº 1, a “sala de máquinas” na posição nº.3 e o timoneiro (pēperu) na posição nº 6. As posições números 2, 4 e 5 são de apoio e atuam quando solicitado: a posição nº 2 mantém o ritmo do remador que marca as remadas com muito cuidado, a posição nº 4 disponibiliza mais força à sala de máquinas e a posição nº 5 pode ser convocado para auxiliar o timoneiro em águas agitadas. A posição nº 3 convoca a mudança (tara), quando todos os canoístas tiverem que mudar o lado que estão remando. A chamada é crucial para ganhar uma corrida e a ordem indica se o marcador de remadas deve aumentar ou diminuir o ritmo, se é necessário remar mais profundamente etc.

Cada equipe tem seus próprios códigos e é dada atenção especial ao bem estar físico e moral da equipe. Equipes mistas de homens/mulheres ou seniores/juvenis certamente fazem parte do futuro do esporte.

 

Prática e competição de Va'a

Va'a é o esporte nacional da Polinésia. Muitos praticam va'a como atividade de lazer de manhã cedo ou após o trabalho. Outros treinam todos os dias para as competições.

Há dois tipos de competições de va'a:

- Competições de velocidade de 500 m, 1.000 m e 1.500 m em uma lagoa.

- Maratonas de alto mar que cobrem distâncias entre 30 km e 150 km, com e seu revezamento de equipes.

Além das corridas oficiais, corridas estilo livre a favor do vento, inspiradas no surfe, estão se tornando populares.

A Polinésia recebe duas grandes corridas internacionais de canoas polinésias:

- Hawaiki nui va'a, com um trajeto que inclui Hūāhine, Rai'atea, Taha'ā e Bora-Bora.

- A corrida Tahiti Nui Va'a de 3 dias ao redor do Tahiti (que acontece a cada 2 anos)

close